Caixa de cartas com dados

Caixa de cartas com dados

Boa tarde para todo o Mundo! Espero que estejam a aproveitar bem este Domingo do mês de Setembro em que o calor, pelo menos por aqui, fez uma pausa. Hoje venho mostrar uma caixa de cartas que comprei ao Armando há já algum tempo, e que fiz para a minha casa da aldeia. Um trabalho com decoupage, envelhecimento e em que utilizei uma purpurina líquida cor bronze para a pintura para lhe dar um tom metálico mas velho. A palavra cartas está pintada da mesma maneira. No fim levou uma boa camada de cera incolor para protecção. Já passou as férias ao serviço, ehehehehehe!
Beijos para toda a gente e uma óptima semana!

4 comentários:

  1. Olá Milai

    Uau! Que maravilha, adorei!
    É sempre bom termos uma caixa de jogo em casa, passam-se bons momentos com os amigos.

    Beijinhos
    Helena

    ResponderEliminar
  2. Olá amiga, saudades de apreciar as maravilhas do seu blog. Essa caixa de cartas esta divina!!
    Um grande abraço!!

    ResponderEliminar
  3. Olá de novo Milai

    Venho por aqui porque não tenho hábito de responder no blog.
    A minha mãe estava mesmo indignada e só dizia: Deus permita que eu não tenha de meter uma mulher cá em casa, nunca tive empregada, nem sei mandar numa.
    Ela não sabe deste episódio que me aconteceu, mas olha que é uma coisa de que também tenho medo, porque de ela deixar de ser independente eu possivelmente não terei outra alternativa e isso vai doer muito a ambas, mas que é preciso ter muita sorte, isso é.
    Agora as fotos das crianças, amiga, foi dose.
    Obrigada pela tua companhia amiga.
    Beijinhos
    Helena

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Milai

    Ontem tive de terminar o comentário à pressa...
    Conheço uma senhora que foi empregada dum casal, cuidou da filha deles, serviu de ama,portanto, foi sempre cuidando da família, foi ao casamento da menina (que entretanto cresceu), estando já reformada. Era uma pessoa da família e ainda mantém laços com a família. Sempre que vem a Lisboa vem carregada de legumes e outras coisas.
    Há empregadas muito queridas, como foi a Fátima, mas nos dias de hoje devem ser uma raridade.
    Beijinhos
    Helena

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelo comentário que acabou de deixar!
Beijinhos e volte sempre.

Artes da Milai © Copyright 2014. Desenvolvido por Elaine Gaspareto